sábado, 20 de março de 2010

A oliveira da Praça 25 de Abril - Serpa

"A mais grossa"

Esta é a oliveira (Olea europaea L.) com o tronco de maior perímetro que medimos até ao momento.

Depois da proposta por nós apresentada à Autoridade Florestal Nacional, e na sequência da concordância da Câmara Municipal de Serpa, esta árvore foi recentemente classificada como Árvore de Interesse Público. Está, por isso, constante da lista de árvores propostas pela Associação Árvores de Portugal




Trata-se de um ancião com um Perímetro à Altura do Peito (P. A. P.) de 8,21 metros, embora com pouca copa, provavelmente devido a podas sucessivas. Por comparação com outros exemplares desta espécie (por exemplo este), poderá ter uma idade próxima dos dois milénios.

O tronco, como é habitual, encontra-se muito aberto no interior, verificando-se vigor vegetativo apenas na metade nordeste da árvore.



Depois da sua classificação, a vegetação do canteiro onde está plantada, e que nela se apoiava retirando-lhe grande parte da sua imponência, foi reduzida. É possível, assim, desfrutar da sua marcante presença.

Pode localizar aqui esta árvore.

11 comentários:

Rodrigo Sousa disse...

Olá Miguel e Pedro.
Estou a escrever só para felicitar pelo magnifico Blog que estão a fazer.
Acompanho-o e delicio-me com as vossas postagens.
Muitos parabéns de um admirador de de arvores antigas na natureza e de sua historias,e aficionado de arvores em miniatura em vasos(Bonsai).
Um excelente Blog,muito interessante dedicado ás arvores fenomenais.

Cumprimentos e uma boa continuação deste magnifico sitio que criaram.
Rodrigo Sousa

Miguel Rodrigues disse...

Olá Rodrigo

Muito obrigado pelo apoio. Infelizmente, entre vida profissional e a Árvores de Portugal, não nos resta o tempo que gostaríamos de ter para o trabalho de campo e para manter este espaço actualizado com mais frequência.

Mas continuaremos à procura de mais árvores ou a visitar outras de que nos vão informando, para as disponibilizar aqui para todos.

Até breve!

Eduardo Miguel Pardo disse...

Olá!gostei muito das fotos e postagens que olhei e admirei uma à uma.
Parabéns e um abraço grande do Brasile daquele que muito dá valor as árvores.

Miguel Rodrigues disse...

Olá, Eduardo. Muito obrigado pelas suas palavras de apoio. Um abraço de cá para todos os que, do outro lado do Atlântico, sabem apreciar e proteger as árvores.

Geraldo Brito (Dado) disse...

Incrível!
Saudações e parabéns pelo blog!

Anónimo disse...

necessario verificar:)

Tiago Batista disse...

Acabo de descobrir o blog, desde já felicito-os pelo trabalho aqui desenvolvido. Tenho uma sugestão, para uma árvore, a oliveira que se encontra na Parede da Igreja matriz na Amareleja, concelho de Moura distrito de beja. Ora vejam
http://olhares.aeiou.pt/igreja_matriz-_amareleja_foto3941639.html

Miguel Rodrigues disse...

Caro Tiago

Obrigado pelo seu comentário e sugestão. Infelizmente, não nos parece que a árvore que refere tenha um futuro suficientemente longo para se tornar uma árvore monumental, devido à provável escassez de solo disponível.

Obrigado pela sua participação.

Tiago Batista disse...

Boas!
Pois compreendo, eu foi mais pela sua localização fora do comum.

Miguel Rodrigues disse...

Sim, a localização é fora do comum mas é precisamente o que irá ditar a morte prematura ou, pelo menos, o lento definhamento destas árvores.

No entanto, caso descubra outras árvores de porte, antiguidade ou relevância cultural ou histórica, em qualquer local do país, por favor não deixe de no lo comunicar.

Obrigado pela colaboração!

fest miusk disse...

ola meu amigo parabens seu blog esta perfeito ideias muitos amplass
muito legal